Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

China: prevenção contra o mal da vaca louca

O Ministério de Agricultura da China decidiu investigar seu rebano bovino, incluindo os animais importados e aqueles alimentados com farinha de carne e ossos importadas, para tentar identificar eventuais eventuais indícios de contaminação com a toxina do mal da "vaca louca", de acordo com informações da imprensa chinesa. O país ainda não registrou nenhuma caso da doença, que provoca uma degeneração no cérebro dos animais, levando-os à morte. A medida é preventiva. ?Existe uma possibilidade muito reduzida de que o mal da vaca louca seja encontrado na China?, de acordo com o Zhao Weining, responsável pelo Ministério da Agricultura e citado no jornal China Daily. Desde 1990 a China proíbe a importação de gado proveniente de países afetados pela doença. No dia 1º de janeiro deste ano, o governo também suspendeu a importação de farinha de carne e ossos provenientes de países da União Européia.

Agencia Estado,

09 de fevereiro de 2001 | 04h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.