China publica livro com dicas de cidadãos com mais de 100 anos

Um livro publicado por idosos chineses centenários afirma que o segredo para uma vida longa está nos hábitos, fator que representa 60% da longevidade, enquanto o peso da genética é de apenas 15%.A agência oficial Xinhua divulga nesta terça-feira os segredos de 50 dos mais de 800 anciãos com mais de 100 anos que vivem em Xangai, publicados em um livro pela Sociedade de Cidadãos Idosos da metrópole chinesa.Wang Chuanfu, vice-presidente da sociedade, afirma que os fatores genéticos têm um peso de 15% na longevidade; as condições sociais, 10%; as melhoras do atendimento médico, 8% e o clima, 7%."Mas os hábitos representam 60%" do segredo da longevidade, diz Wang.Ter um temperamento alegre e uma atitude aberta, ser amável com os outros, desfrutar do seu trabalho, praticar exercício com regularidade e não ser especialmente exigente com a alimentação estão entre as dicas dos idosos centenários.Também costumam dormir bem, não fumam, consomem uma quantidade relativamente pequena de álcool e mantêm uma vida familiar harmoniosa.O segredo de Pan Zhiyong, de 105 anos, é praticar exercício de forma regular. Desde que se aposentou, ele caminha mais de dois quilômetros diários, segundo Wang.Os hábitos de vida saudáveis reduzem a incidência de muitas doenças como pressão alta, diabetes e tumores, acrescentou Wang.Segundo as estimativas, em 2050 a China terá mais de 400 milhões de cidadãos com mais de 60 anos, o que representa um quinto dos idosos do planeta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.