China rebate acusação do Vietnã sobre incidente no mar

A mídia da China rebateu as acusações do Vietnã e a agência estatal Xinhua disse que uma embarcação do país avançou contra um de seus barcos no Mar do Sul da China e então afundou.

AE, Agência Estado

27 Maio 2014 | 03h48

O incidente ocorreu a 30 quilômetros de distância de uma grande sonda de perfuração de petróleo que a China enviou em primeiro de maio a uma área que os dois países reclamam. Desde o início do mês, o Vietnã tem enviado barcos de patrulha para confrontar a sonda, enquanto a China mandou dezenas de embarcações para proteger a sonda. A decisão de Pequim enfureceu Hanói e iniciou uma série de violentos protestos contra a China.

Mais cedo, o jornal Tuoi Tre e outros veículos de imprensa do Vietnã acusaram os chineses de atacarem um navio de pesca vietnamita. Embora incidentes entre os dois países envolvendo navios de pesca sejam comuns na região, essa é a primeira vez que uma embarcação vietnamita afunda, disse Tran Van Linh, presidente da Associação de Pesca na cidade de Danang. "Eu chamo esse ato de tentativa de assassinato, porque os chineses afundaram um navio de pesca vietnamita e então fugiram. Nós veementemente protestamos contra essa perversa, brutal e inumana ação pelo lado chinês."

Lihn disse que cerca de 40 navios de aço da China cercaram um grupo de navios de pesca do Vietnã feitos de madeira na tarde de ontem. Então, um deles avançou contra a embarcação do Vietnã, jogando 10 homens ao mar, disse. Não houve feridos. O presidente da Associação de Pesca disse que o navio valia US$ 240 mil e que ele irá demandar uma compensação. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
China vietnã

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.