China registra morte de homem por peste bubônica

Partes de uma cidade da China foram colocadas em quarentena após a mídia estatal informar que um homem morreu com os sintomas da peste bubônica. A agência estatal Xinhua disse que 151 pessoas estão sob observação na cidade de Yumen, na província de Gansu, após as autoridades determinaram que eles tiveram contato com o homem, que morreu em 16 de julho.

AE, Agência Estado

23 Julho 2014 | 01h05

Segundo a Xinhua, os investigadores acreditam que o homem contraiu a infecção bacteriana após o contato com uma marmota. O texto diz que todos em quarentena apresentam bom estado de saúde, mas que 10 postos de controle estão bloqueando partes da cidade.

Uma epidemia de peste bubônica matou milhões de pessoas na Europa durante o século 14, e outras dezenas de milhares de pessoas na China durante o século 19. A doença é transmitida por picadas de pulgas e pode causar gangrena, convulsões e febre. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
China peste bubônica

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.