China repudia encontro de Obama e Dalai Lama

A China insistiu que o presidente dos EUA, Barack Obama, cancele o encontro com o Dalai Lama. "A China se opõe fortemente a isso", disse o Ministério de Relações Exteriores da China, em comunicado. "Nós insistimos que o lado dos EUA trate as preocupações da China de um modo sério e cancele imediatamente o encontro planejado", afirmou o documento.

AE, Agência Estado

21 de fevereiro de 2014 | 01h57

Mais cedo, a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, Caitlin Hayden, havia confirmado que o líder espiritual tibetano no exílio irá à Casa Branca nesta sexta-feira para se encontrar com Obama. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaeuadalai lama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.