China restringe anúncios entre programas de TV

O órgão do governo chinês que regula a comunicação decidiu restringir a veiculação de anúncios durante os programas de TV. A medida foi tomada para evitar interrupções na programação que ajude a difundir a "cultura socialista". Nenhum intervalo comercial poderá existir no meio de programas que tenham até 45 minutos de duração total.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.