Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

China se preocupa com reunião de Dalai Lama e premiê britânico

A China informou na quarta-feira estarseriamente preocupada com uma declaração do premiê britânico,Gordon Brown, de que se encontraria com o líder espiritualtibetano exilado, o Dalai Lama, quando ele visitar aGrã-Bretanha em maio. O Ministério do Exterior chinês pediu à Grã-Bretanha queentenda a "face verdadeira" do Dalai Lama e não dê apoio a ele,informou a agência de notícias oficial Xinhua. "A China está seriamente preocupada com a mensagem (oscomentários de Brown)", afirmou o porta-voz do Ministério doExterior, Qin Gang, de acordo com a Xinhua. "Como nós repetidamente alertamos, o Dalai é um refugiadopolítico engajado em atividades para dividir a China, sob acamuflagem da religião", disse Qin. O premiê chinês, Wen Jiabao, acusou o Dalai Lama deplanejar os protestos contra a China no Tibet, os quaisculminaram em tumultos nos quais dezenas podem ter morrido. ODalai Lama nega as acusações. "Vou me reunir com o Dalai Lama quando ele estiver emLondres", disse Brown ao Parlamento na quarta-feira. "Achoimportante que todos nós facilitemos as discussões (sobre oTibet)."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.