China se prepara para a chegada de novo tufão

País se prepara para a chegada de um segundo tufão, enquanto as comunidades da costa sul ainda se recuperam

AE, Agência Estado

23 de julho de 2014 | 02h28

A China se prepara nesta quarta-feira para a chegada de um segundo tufão em menos de uma semana, enquanto as comunidades ao longo da costa sul do país ainda se recuperam da tempestade que deixou 46 pessoas mortas.

Autoridades da província litorânea de Zhejiang, ao sul de Xangai, ordenou que barcos de pesca retornassem ao porto e intensificaram as patrulhas para observar o rompimento de diques costeiros e fluviais, relatou a agência oficial de notícias Xinhua.

O tufão Matmo, com ventos de até 140 quilômetros por hora, está se dirigindo à noroeste, em direção à costa densamente povoada da província de Fujian, após causar fortes chuvas em Taiwan na noite de terça-feira. Na ilha, a tempestade feriu cinco pessoas e causou danos em mais de 31 mil casas.

Chuvas fortes também são esperadas em Xangai, o principal centro de negócios da China.

Mais ao sul, as comunidades da província de Guangdong e da ilha de Hainan ainda limpavam os escombros deixados pelo tufão Ramassun, que matou 36 pessoas na China e 115 nas Filipinas e no Vietnã. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Ásiatufãomatmo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.