China tem virús da gripe aviária em aves comercializadas

Cinco amostras retiradas de aves e de restos dos animais em três províncias do leste da China tiveram resultado positivo para o vírus da gripe aviária, H7N9, afirmou neste domingo o Ministério da Agricultura do país. O vírus já matou ao menos 27 pessoas na China.

GABRIELA VIEIRA, Agência Estado

05 de maio de 2013 | 14h01

A agência de notícias estatal chinesa, que divulgou os resultados, informou que o vírus foi detectado em três amostras provenientes da província de Shandong. As outras duas amostras infestadas são das províncias de Guangdong e Jiangxi. As amostras da província de Shandong foram retiradas dos restos de aves do mercado local da cidade de Zaozhuang. Em Jiangxi, as amostras das aves vivas vieram de um fornecedor local e as de Guangdoung, de um supermercado de varejo.

A cepa do vírus detectado nas amostras é similar à encontrada em uma amostra de pombo recolhida em um mercado de Xangai, no dia 4 de abril. O ministério ordenou que as três províncias descartem corretamente as amostras e aumentem o monitoramento e o trabalho de prevenção. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinagripe aviária

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.