China tenta acelerar desnuclearização de Pyongyang

Chanceler chinês deve se reunir com altos funcionários do governo norte-coreano

Agencia Estado

03 Julho 2007 | 15h27

O ministro de Relações Exteriores chinês chegou à Coréia do Norte para uma visita oficial. A China, principal mediador no diálogo de seis lados sobre a desnuclearização da península, tentará acelerar o processo. Yang chegou na segunda-feira, 2, à capital norte-coreana. Nesta terça-feira, 3, ele deverá se reunir com altos funcionários do governo e do Ministério de Relações Exteriores. A agenda oficial não foi revelada, por enquanto. O jornal estatal China Daily destaca nesta terça, no entanto, que Yang viaja ao país vizinho e aliado para "tentar resolver a questão nuclear na Península coreana". As reuniões entre Yang e as autoridades norte-coreanas poderão concretizar uma data para a nova rodada de conversas entre China, EUA, Japão, Rússia e as duas Coréias. Possivelmente, ela será realizada ainda este mês, na capital chinesa, com a presença dos chanceleres de cada país. Segundo a imprensa oficial chinesa o clima é de "cauteloso otimismo", depois do fim do conflito financeiro e do desbloqueio do dinheiro congelado durante meses no Banco Delta Asia de Macau.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.