China vai cumprir meta de crescimento, diz PBoC

A China vai atingir a meta de crescimento de cerca de 7,5% neste ano e o avanço será impulsionado pela urbanização e pela reestruturação econômica, disse o presidente do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês), Zhou Xiaochuan.

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2014 | 02h09

Zhou garantiu que a meta de crescimento do produto interno bruto (PIB) será atingida, ainda que o enfraquecimento do mercado imobiliário, os esforços do governo para combater a poluição e a desaceleração no setor industrial pesem sobre a economia no curto prazo. Os comentários foram feitos durante reunião do Fundo Monetário Internacional, em Washington, durante o final de semana e divulgados no site da autoridade monetária chinesa nesta segunda-feira.

Segundo o presidente do PBoC, o mercado de trabalho do país está mais forte do que o esperado e a inflação permanece sob controle. Além disso, Zhou garantiu que o PBoC vai continuar adotando políticas macroeconômicas adequadas e vai realizar reformas financeiras, intensificando a gestão de riscos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaPBoCPIBMeta2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.