China vai intensificar controle sobre microblogs

O ministro responsável pelo Conselho Estatal de Informação chinês, Wang Chen, disse que a exigência do registro com nome real para usuários dos microblogs mais populares do país será ampliada. É mais um sinal de que as autoridades vão apertar o controle sobre a internet, em meio a temor de eventuais distúrbios.

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS, Agência Estado

19 de janeiro de 2012 | 01h37

Pequim, Xangai e a província de Guangdong, localizada no sul, recentemente ordenaram que novos usuários do weibos (microblogs semelhante ao Twitter) registrassem seus nomes reais, tornando mais fácil às autoridades a tarefa de rastreá-los. "Isto começou no final do ano passado. Inicialmente (a exigência) foi aplicada apenas para novos usuários, mas será ampliada para usuários já existentes", disse o ministro a repórteres.

Com mais de meio bilhão de chineses "online", as autoridades estão preocupadas com o poder e a influência da internet em um país que mantém forte controle sobre as mídias tradicionais. Apesar do controle, chineses continuam usando os weibos para expressar opiniões. Em dezembro, milhares de moradores de Guangdong saíram às ruas em protesto contra a construção de um projeto de mineração de carvão. Escritórios governamentais foram sitiados e estradas bloqueadas. Os manifestantes se organizaram usando o microblog. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinacontrolemicroblogs

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.