China vai retirar 4 milhões de pessoas da área de Três Gargantas

Nos próximos 10 a 15 anos, a China vairealocar ao menos outros 4 milhões de pessoas da área dabarragem de Três Gargantas, a fim de proteger a "segurançaecológica" da região, informou nesta quinta-feira a agência denotícias Xinhua. A usina de 25 bilhões de dólares perto de Chongqing, nosudoeste do país, ultrapassará Itaipu como o maiorempreendimento hidrelétrico do mundo. Mas até mesmo autoridadesque defenderam o projeto como uma maravilha da engenhariaalertam agora que áreas próximas à usina estão pagando um altocusto ambiental. Elas citam a erosão e deslizamentos de terra em locais daregião, conflitos sobre falta de terras e "deterioraçãoecológica causada por desenvolvimento irracional" comoproblemas. A usina, cuja construção inundou 116 cidades e desabrigou1,4 milhão de pessoas, ainda está em construção, embora aimprensa estatal tenho afirmado que ficará pronta até o finalde 2008, pouco depois dos Jogos Olímpicos de Pequim. "Mais de 4 milhões de pessoas atualmente morando nonordeste e sudoeste de Chongqing, onde Três Gargantas seestende por 600 km, serão encorajadas a mudar para a periferiaurbana, cerca de uma hora de ônibus do centro de Chongqing",disse a agência Xinhua. Não há detalhes sobre a mudança de pessoas, mas Yu Yuanmu,vice-prefeito de Chongqing, afirmou que a segurança ecológicada área estaria sob risco devido à crescente população, segundoa Xinhua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.