China volta a navegar perto de ilhas em disputa

Os navios do governo chinês entraram, pelo segundo dia consecutivo, em águas territoriais próximo às ilhas controladas pelo Japão que estão em disputa, informou nesta quarta-feira a guarda costeira japonesa.

EQUIPE AE, Agência Estado

03 de outubro de 2012 | 04h53

Três embarcações de vigilância "ignoraram os avisos de nossos navios de patrulha e entraram em nossas águas territoriais pouco depois das 12h30, no horário local", afirmou a guarda costeira em comunicado. Os navios chineses estavam perto de Kubashima, uma das ilhas do arquipélago chamado de Senkaku pelos japoneses e de Diaoyu, pelos chineses.

Na terça-feira, quatro embarcações da China já haviam estado próximo às ilhas em disputa, onde permaneceram por aproximadamente seis horas, apesar dos alertas do Japão para que deixassem o local.

As tensões se acentuaram nos últimos meses sobre o controle das ilhas, cuja região é rica em peixes e estratégicas na rota de navegação no Mar da China Oriental. Além disso, acredita-se que a região abrigue reservas minerais. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaJapãoilhasdisputanavios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.