Chinês entra em escola, apunhala quatro alunas e é detido

Uma das vítimas encontra-se em estado grave; as outras passam bem

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 13h09

A polícia chinesa deteve um homem que entrou em uma escola do sudeste da China e apunhalou quatro estudantes, deixando uma delas em estado grave, informou nesta quinta-feira, 21, a agência oficial Xinhua.O homem entrou em uma das salas de aula da Universidade Normal de Fujian, em Fuzhou, armado com uma faca, na tarde desta quarta-feira, e apunhalou quatro estudantes.Uma das vítimas, uma adolescente, se encontra em estado grave. As outras três estão fora de perigo, segundo fontes médicas. A polícia deteve imediatamente o homicida para interrogatório.A imprensa chinesa também informou que um homem entrou em uma outra escola, no sudoeste da China, carregado com cinco quilos de explosivos. Não houve vítimas no incidente. Na semana anterior, uma criança morreu apunhalada por um homem que havia entrado em seu colégio.

Mais conteúdo sobre:
Chinacrime em escola

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.