Chinês Xi vai retomar funções diplomáticas em cúpula da Asean

O provável futuro líder chinês, Xi Jinping, vai comparecer a uma reunião com as nações do Sudeste Asiático nesta semana, anunciou o Ministério das Relações Exteriores no domingo, sinalizando seu retorno a funções diplomáticas depois de faltar a uma série de eventos com dignitários estrangeiros.

Reuters

16 de setembro de 2012 | 11h22

O vice-presidente Xi ficou fora de vista por quase duas semanas, faltando a reuniões com líderes estrangeiros, incluindo com a secretária de Estado dos Estados Unidos Hillary Clinton, o que provocou rumores de problemas de saúde ou pior.

Xi reapareceu no sábado em uma universidade de Pequim. Agora ele deve seguir para a região de Guangxi para comparecer a uma feira comercial para a Associação dos Países do Sudeste Asiático (Asean) que abre na sexta-feira, disse o ministério.

"O vice-presidente Xi Jinping e os líderes da Asean vão comparecer à cerimônia de abertura e a outras atividades importantes", disse o ministério em um breve comunicado em seu site (www.mfa.gov.cn).

Autoridades do governo chinês se recusaram a dizer o que tinha acontecido com Xi, aumentando a especulação de que ele teria sofrido um ataque cardíaco, um derrame, uma cirurgia para a remoção de um tumor ou mesmo uma tentativa de assassinato.

Fontes disseram à Reuters que Xi lesionou a coluna enquanto nadava no início deste mês, e que ele obedecia a ordens médicas para ficar em repouso e fazer fisioterapia.

(Reportagem de Pete Sweeney)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAASEAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.