Chineses celebram a chegada do Ano do Porco

Os chineses comemoram neste domingo a chegada do Ano Novo, marcado no horóscopo pelo signo do porco, com uma ensurdecedora queima de fogos em todas partes de Pequim - um espetáculo pirotécnico que continuará nas próximas noites. Os chineses lotaram templos, queimaram incensos e lançaram moedas ao fogo, com a esperança de assegurar a boa sorte no ano 4704. O porco é um dos 12 animais que compõem o ciclo de 12 anos do zodíaco chinês. De acordo com a astrologia chinesa, aqueles nascidos no Ano do Porco são gentis, honestos, trabalhadores e leais. Também são pessoas sortudas, motivo pelo qual muitos chineses preferem ter filhos no Ano do Porco.Em toda a China, multidões celebraram na noite do sábado e madrugada adentro com fogos de artifícios - uma antiga tradição de ano novo para espantar o azar e os maus espíritos. Em uma tradicional feira no Parque Ditan, em Pequim, grupos fizeram apresentações de dança e canto. Os vendedores ofereciam bolos de carne de porco e várias outras iguarias. Os chineses calculam os dias do ano a partir das fases da Lua e também das rotações do Sol ao redor da Terra. Por isso, o Ano Novo chinês não tem uma data fixa de comemoração.Embora não haja registro de acidentes graves, 125 pessoas ficaram levemente feridas devido aos fogos, que provocaram 114 pequenos incêndios, segundo a agência oficial Xinhua. Taiwan, Coréia do Sul e Coréia do Norte também festejaram a chegada do ano novo.Em Hong Kong, as ruas, normalmente lotadas, ficaram vazias, já que as pessoas se reuniram com suas famílias para grandes banquetes com frango, vegetais, camarões e porco. Os templos ficaram lotados, e permaneceram com nuvens de fumaça causadas dos incensos.Na Disneylândia de Hong King, os costumes ocidentais foram deixados de lado e os personagens comemoraram o ano novo vestidos a caráter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.