EFE/CBP
EFE/CBP

Chineses tentam entrar nos EUA escondidos em móveis e máquina de lavar roupa levados em caminhão

Policiais encontram 11 chineses em caminhão na fronteira com México em uma operação no sábado, em San Ysidro, Califórnia

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2019 | 18h27

LOS ANGELES - Agentes da Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos (CBP, na sigla em inglês) encontraram em um porto na Califórnia 11 chineses que tentavam entrar em território americano dentro de móveis e eletrodomésticos transportados por um caminhão, segundo informações divulgadas pela imprensa local nesta terça-feira, 10.

Os 11 imigrantes estavam escondidos em um veículo de carga tentando entrar pela fronteira de San Ysidro, que liga San Diego, na Califórnia, a Tijuana, no México, no último sábado.

De acordo com um relatório das autoridades de imigração, o caminhão foi enviado para uma segunda inspeção, quando eles encontraram os estrangeiros colocados entre os móveis e eletrodomésticos. 

Fotografias tiradas por agentes da CBP mostram um dos chineses escondido em um baú de madeira e outro, dentro de uma máquina de lavar roupa.

"Esses são seres humanos que contrabandeiam pessoas a condições desumanas e que podem ter consequências mortais. Felizmente, ninguém ficou gravemente ferido", disse o diretor de operações da Patrulha em San Diego, Pete Flores, em um comunicado.

Um homem americano de 42 anos que conduzia o caminhão foi preso e será processado por tráfico humano, segundo as autoridades. Os 11 asiáticos também foram detidos e enviados para um centro específico para imigrantes.

Há cerca de um mês, outros seis chineses tentaram atravessar a fronteira em um caminhão, também por San Ysidro. Nesse caso, os migrantes foram escondidos dentro das paredes do caminhão e só foram descobertos por cães treinados. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.