Chipre: dois maiores bancos limitam saques diários

Os dois maiores bancos cipriotas, o Banco do Chipre e o Banco Popular do Chipre (também conhecido como Laiki) impuseram limites aos saques em seus caixas eletrônicos, disse hoje uma autoridade do Banco Central do Chipre. De acordo com Georgios Georgiou, o presidente de Comunicação do banco central, o limite para os dois bancos foi estabelecido em 100 euros (US$ 130) por dia.

TALITA FERNANDES, Agência Estado

24 de março de 2013 | 16h21

Georgiou recusou-se a dar detalhes de outras medidas de controle de capital que podem ser colocadas em prática para evitar uma fuga maciça de depósitos. Os bancos do Chipre estão fechados desde o último dia 16 e há rumores de que o Laiki, o segundo maior do país, pode ser fechado. Os caixas eletrônicos de outros bancos do país não estão sujeitos a esses limites de saque, segundo Georgiou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chipresaquelimite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.