Chirac apóia permanência de inspetores da ONU no Iraque

O presidente da França, Jacques Chirac, afirmou que apóia o pedido dos inspetores da ONU por um prazo maior para concluir se o Iraque possui ou não estoques de matéria-prima para a confecção de armamentos de destruição em massa. "Os inspetores pediram mais tempo para trabalhar", afirmou Chirac após um encontro com o chefe dos inspetores da ONU, Hans Blix, e com o chefe da Agência de Energia Atômica da organização, Mohamed ElBaradei, em Paris. "Aceitar o pedido será uma decisão sábia e prudente. Com mais tempo eles poderão fazer um relatório mais detalhado e responsável", afirmou. A Agência Nuclear da ONU informou ontem que pretende pedir mais tempo para realizar a inspeção no Iraque. Blix e ElBaradei têm de apresentar no próximo dia 27 um relatório sobre a cooperação dos iraquianos com os trabalhos dos inspetores da ONU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.