Chirac convida Brasil a integrar grupo em favor da África

O presidente da França, Jacques Chirac, convidounesta terça-feira o Brasil a integrar um grupo de países que se engajar eminiciativas em prol do desenvolvimento da África. A informaçãofoi dada pelo ministro das Relações Exteriores, CelsoAmorim, ao fazer um balanço da viagem do presidente Luiz InácioLula da Silva à Europa.Segundo Amorim, Chirac tranquilizou as autoridades brasileiras,de forma humorada, sobre os eventuais ônus dessa participação."O ministro da Fazenda pode ficar tranquilo; a gente não querdinheiro, quer a militância do Brasil", comentou Chirac,conforme o relato de Amorim. O grupo liderado pela França, sob adenominação de "Nova parceria econômica para o desenvolvimentoda África", será integrado pelos países do G-8, mais o Brasil.No encontro que teve hoje com Lula, Chirac comprometeu-se aapoiar a reivindicação brasileira de um assento permanente noConselho de Segurança da ONU e apoiou a proposta de criação deum fundo internacional contra a fome, formulada pelo presidentebrasileiro no Fórum Econômico Mundial em Davos. Lula e Chiractambém concordaram em acelerar as negociações para a implantaçãodo bloco Mercosul-União Européia.Veja o índice de notícias sobre o Governo Lula - Os primeiros 100 dias Veja o índice de notícias sobre a transição e a Presidência

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.