Chirac critica governo da Costa do Marfim

O presidente da França, Jacques Chirac criticou o governo da Costa do Marfim,qualificando-o como "um regime questionável", e comentou que aonda de violência antiocidental no país africano poderiaresultar em "anarquia". Chirac garantiu que a França não tem planos de retirar oscerca de 4.000 soldados de uma força de paz enviada à Costa do Marfim. Aviolência na nação africana começou na semana passada, depoisque um ataque aéreo do governo resultou na morte de novesoldados franceses no norte do país, uma região controlada porrebeldes. "Não queremos permitir que a situação resulte em anarquia ouem um regime de natureza fascista", disse Chirac na cidadefrancesa de Marselha sem mencionar especificamente o atualpresidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.