Chirac não comparece a almoço com premiê iraquiano

O presidente francês, Jacques Chirac, deixou hoje um encontro de cúpula da União Européia pouco antes de uma reunião com o primeiro-ministro interino do Iraque, Iyad Allawi. Allawi havia sido convidado para um almoço com os líderes da União Européia, em Bruxelas. Mas Chirac, que não apoiou a guerra contra o Iraque, disse que tinha outros compromissos já marcados e não pôde ficar. A decisão foi vista como uma manifestação de desprezo a Allawi, que fez um apelo por mais investimentos no Iraque. No encontro, estiveram presentes, os primeiros-ministros britânico, Tony Blair, e alemão, Gerhard Schroeder, além de representantes da Estônia, Finlândia, Grécia e Eslováquia.O primeiro-ministro iraquiano lamentou a ausência de Chirac e pediu que os países europeus participem mais da reconstrução do Iraque. Os líderes da União Européia devem apresentar um pacote de ajuda de milhões de dólares ao país durante o encontro. Esse dinheiro será usado em assessoria técnica para as eleições iraquianas, marcadas para janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.