Chirac não vê motivo para mudar "lógica da paz"

O presidente da França, Jacques Chirac, disse que não motivo para mudar a lógica da paz, e que o desarmamento pacífico do Iraque não foi completamente esgotado. "Neste contexto, nós não vemos motivo para mudar nossa lógica, que é a lógica da paz, para voltarmos para uma lógica de guerra", disse Chirac, que está em Berlim para um encontro com o chanceler alemão, Gerhard Schroeder. Ambos os líderes disseram que o desarmamento pacífico não foi completamente esgotado, e disseram que o Iraque deve ser pressionado a cooperar. "O Iraque deve se desarmar, deve destruir suas armas de destruição em massa. Essa meta deve ser alcançada pacificamente, através das inspeções", disse Chirac. O presidente francês observou que o Conselho de Segurança já aprovou uma resolução exigindo o desarmamento do Iraque, tornando outra resolução desnecessária. "Você vai entender que neste contexto nós não estamos a favor de uma nova resolução", disse Chirac.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.