Chirac pode concorrer a terceiro mandato, diz primeira-dama

Bernadette Chirac, mulher do presidente francês Jacques Chirac, disse que seu marido ainda está pensando se vai se candidatar a um terceiro mandato, acrescentando ainda, em entrevista à revista Nouvel Observateur, que ele está em "ótima forma". Bernadette afirmou que seu marido é extremamente popular na França e vai anunciar no início de 2007 se concorrerá novamente à Presidência nas eleições de abril-maio. "A decisão é dele, como um homem, e não do casal", declarou ela, que corou quando respondeu que Chirac, de 73 anos, está em "ótima forma". O presidente ficou internado durante uma semana em um hospital, no ano passado, por conta de problemas vasculares que afetaram sua visão. Depois disso, Chirac aparentou estar "fraco" e poucas pessoas esperam que ele se candidate a um terceiro mandato. O ministro do Interior francês, Nicolas Sarkozy, de 51 anos, que lidera o partido de Chirac, o conservador União por um Movimento Democrático (UMP), pode ser o indicado do partido à Presidência. Ainda assim, a primeira-dama sugere que a próxima eleição presidencial pode ser cheia de surpresas. "A palavra final ainda não foi dada", repetiu ela diversas vezes durante a entrevista.

Agencia Estado,

15 Novembro 2006 | 08h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.