Chirac sugere que França poderá agir em ofensiva militar

O presidente da França, Jacques Chirac, disse hoje que sua nação irá se juntar aos Estados Unidos na luta contra o terrorismo, sugerindo as forças armadas francesas tomariam parte na ofensiva militar."Nos últimos dias, os Estados Unidos fizeram novos pedidos para participação militar. Nós iremos assumir nossa parte em espírito de solidariedade e responsabilidade", disse Chirac em cadeia nacional de TV.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.