Cho Seung-hui era um menino tímido e calado, diz avô

O sul-coreano Cho Seung-hui, autor do massacre na Universidade Virginia Tech, nos Estados Unidos, era uma criança calada e tímida, que tinha problemas para falar com outras pessoas, de acordo com o relato de seu avô.Segundo informam nesta quinta-feira, 19, os jornais sul-coreanos Dong-A Ilbo e Hankyoreh Sinmun, o jovem Cho, que na segunda-feira matou 32 pessoas antes de se suicidar, desde pequeno preocupava os seus pais, porque não falava de forma correta, mas se comportava bem."Não voltei a ver meu neto desde que ele foi para os EUA, aos 7 anos. Mas eu me preocupava com ele, porque desde pequeno era muito calado", disse o avô materno de Cho.A família de Cho foi para os EUA em 1992 na busca de uma vida melhor. Seus pais trabalhavam em uma lavanderia.O avô relatou que os pais de Cho sentiam muito amor pelos dois filhos e por isso decidiram ir para os EUA por acreditarem que lá poderiam dar a eles uma educação melhor."Não sei como vou viver com a cabeça erguida", disse Kim, que se mostrou muito preocupado com os pais de Cho, que estão em local desconhecido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.