Choque entre trens mata 70 e fere centenas de pessoas na China

Dois trens de passageiros se chocaram noleste da China na segunda-feira, matando pelo menos 70 pessoase ferindo centenas de outras. Vagões saíram dos trilhos ecaíram numa vala, segundo a mídia estatal. Cerca de 400 pessoas foram levadas ao hospital, 70 delas emestado grave, disse a agência de notícias Xinhua, sugerindo queo número de mortos poderia crescer. A agência disse que asautoridades determinaram que o acidente foi causado por "falhahumana", mas nada disseram além disso. Um dos trens ia de Pequim a Qingdao, perto da costa. Acolisão aconteceu em Zibo, na província de Shandong. O segundotrem vinha de Yantai, em Shandong. Ambos os trens viajavam na velocidade máxima no momento doacidente, o pior da China desde 1997, disse um trabalhador decarga. Uma passageira relatou ter escapado dos escombros com suafilha de 13 anos por meio de uma grande fenda no chão. "Ainda estávamos dormindo quando o acidente aconteceu",disse a mulher, de sobrenome Yu, segundo a Xinhua. "De repente,acordei quando senti que o trem deu um solavanco e parou. Em umminuto ou dois, ele se moveu de novo, mas logo despencou." O diretor e chefe do Partido Comunista no birô da linha deferro Jinan, responsável pela inspeção da linha que ligaQingdao à capital provincial, foi afastado e será investigadopelo Ministério das Estradas de Ferro, disse a Xinhua. Entre os feridos, estavam quatro cidadãos franceses. Eleseram os únicos estrangeiros nos trens. (Reportagem adicional da redação de Pequim)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.