Choques entre Exército e Al-Qaeda matam 63

Confrontos entre militantes ligados à Al-Qaeda e militares do Iêmen deixaram ontem 63 mortos no sul do país. Com isso, subiu para 127 o número de mortes nos últimos dois dias. Os conflitos ocorreram na cidade de Lawder, na província de Abyan, onde os militantes da Al-Qaeda são muito ativos. A rede terrorista tem se aproveitado da turbulência política interna para ampliar sua presença no sul do país.

O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2012 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.