Choques entre Exército e rebeldes matam 151

Autoridades da República Democrática do Congo (ex-Zaire) disseram ontem que o número de mortos no leste do país, em razão do choque entre Exército e rebeldes, chegou a 151 em dois dias. Os rebeldes são fiéis a Bosco Ntaganda, procurado pelo Tribunal Penal Internacional por crimes de guerra. O conflito começou em abril após o grupo perder poder e reivindicar novas negociações com o governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.