Choques tribais deixam mais de 70 mortos na Líbia

Três dias de confrontos entre tribos rivais deixaram mais de 70 mortos na cidade de Sabha, no sul da Líbia, informou nesta quarta-feira o porta-voz do governo da Líbia, Nasser al-Manaa. "É lamentável que mais de 70 pessoas tenham sido mortas e mais de 150 tenham ficado feridas" desde segunda-feira na cidade de Sabha, que fica no Fezzan, a região desértica da Líbia. Os confrontos ocorrem entre tribos árabes e a tribo Toubou, que vive nos oásis do Saara na Líbia e no Chade.

AE, Agência Estado

28 de março de 2012 | 18h25

Mais cedo, funcionários de Sabha disseram que os confrontos entre a tribo Toubou e as tribos árabes haviam se acalmado e que os esforços para assegurar uma trégua estavam a caminho. A tribo Toubou disse que está enfrentando um "massacre" pelas mãos dos árabes.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.