Chuvas de monção matam pelo menos 55 no sul da Índia

Chuvas torrenciais nos últimos três dias mataram pelo menos 55 pessoas no sul da Índia. Milhares tiveram que deixar suas moradias e buscar abrigo em áreas mais altas, informaram hoje meios de comunicação locais e funcionários. As chuvas de monção também danificaram rodovias e inundaram plantações de arroz no Estado de Andhra Pradesh, segundo o ministro estadual Dharmana Prasad Rao.

AE-AP, Agencia Estado

01 de outubro de 2009 | 13h47

Quinze mortes ocorreram no Estado de Mahbubnagar, o mais atingido, e em distritos de Kurnool, segundo Rao. No Estado vizinho de Karnataka, três dias de temporais mataram pelo menos 40 pessoas e danificaram 15.500 casas, segundo a agência de notícias Press Trust of India, que citou funcionários locais.

Rao disse que, apesar da destruição, para alguns fazendeiros a chuva trouxe benefícios, pois eles sofriam com as chuvas insuficientes para as plantações nos últimos meses. A Índia vinha enfrentando, pela falta de chuvas de verão, sua pior seca em quase 40 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiachuvasmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.