'Chuvas de ursinhos' derruba cúpula militar

O presidente da Bielo-Rússia, Alexander Lukachenko, destituiu o comandante da Força Aérea e o chefe da segurança de fronteiras do país por "falharem em suas funções". Os militares não conseguiram impedir que um manifestante sueco jogasse, de um avião, uma "chuva de ursinhos de pelúcia" sobre a capital, Minsk, durante um protesto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.