Chuvas deixam cinco mortos na Argentina

Cinco mortos - sendo quatro adolescentes - e 2.500 pessoas removidas de suas casas são as vítimas do temporal que, durante o final de semana, castigou grande parte do território argentino. Três adolescentes, de 12 a 14 anos, morreram afogados na enchente de um córrego em Bernal, na Grande Buenos Aires. Em Tandil, a 450 quilômetros da capital, uma menina de 12 anos morreu afogada na inundação de um rio, enquanto a irmã dela, de 11 anos, permanece desaparecida. Um homem de 65 anos foi encontrado boiando dentro de sua casa no município de Lomas de Zamora, a 40 quilômetros da capital, possivelmente surpreendido pela inundação, que atingiu 1,8 metro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.