Chuvas fortes deixam 18 mortos no sul da China

As chuvas fortes causaram ao menos 18 mortes no sul da China e provocaram deslizamentos de terra que deixaram seis desaparecidos, informou uma agência de notícias estatal nesta quinta-feira.

AE, Agência Estado

17 Julho 2014 | 02h06

A agência de notícias Xinhua relatou que relâmpagos já mataram seis pessoas na província de Jiangxi. A reportagem informou ainda que os três dias de chuva constante na província de Hunan provocou deslizamentos de terra que mataram cinco pessoas. Outras sete mortes foram registradas na província de Guizhou.

Também em Guizhou, uma montanha deslizou sobre uma aldeia perto da cidade de Bijie, deixando seis pessoas desaparecidas.

As inundações também atingiram a província de Yunnan, no sudoeste do país, e de Guangxi, no sul. As chuvas atingiram a capital, Pequim, na quarta-feira à noite e inundou algumas ruas.

O sul da China também se prepara para a chegada do tufão Rammasun, que deve ter rajadas de vento de até 150 quilômetros por hora e que já deixou uma dezena de mortos nas Filipinas. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Chinachuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.