Chuvas já mataram 5 e deixaram 8 desaparecidos no Japão

Previsão do tempo aponta que as fortes chuvas devem continuar na região

Efe,

16 de julho de 2010 | 05h57

TÓQUIO - Pelo menos cinco pessoas morreram e oito desapareceram em decorrência das chuvas torrenciais e deslizamentos de terra que afetaram esta semana o centro e o sul do Japão, informa nesta sexta-feira, 16, a rede televisiva pública NHK.

Entre os mortos há dois membros de uma família cuja casa foi soterrada por um deslizamento na província de Shimane (sudoeste), entre eles uma criança de 7 anos, enquanto seu irmão, de 11, foi encontrado com vida pelas equipes de resgate, segundo NHK.

Além disso, três idosas morreram na província de Hiroshima (oeste), duas delas vítimas de desabamento de terras e a terceira ao ser arrastada por uma enchente.

Entre os oito desaparecidos há três pessoas cuja casa foi destruída por um deslizamento em Gifu (centro), segundo fontes das equipes de emergência citadas pela agência Kyodo.

As fortes chuvas que castigam o Japão desde sábado, 10, levaram as autoridades a declararem alerta de inundações em algumas zonas do sul das ilhas de Honshu e Kyushu, além de recomendações para evacuação de mais de 170 mil pessoas.

A Agência Meteorológica do Japão advertiu que as chuvas torrenciais continuarão nesta sexta-feira, 16, em muitas áreas de norte a sul do país.

O Japão vive atualmente a época de chuvas, que acontecem geralmente entre os meses de junho e julho e muitas vezes causam inundações em várias regiões do país.

Tudo o que sabemos sobre:
Japão, chuvas, morte, desapare

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.