Chuvas matam 35 pessoas no sudoeste da China

Tufão Fengshen, que deixou mais de 229 mortos nas Filipinas, se aproxima da costa sudeste chinesa

Efe,

24 de junho de 2008 | 01h24

As fortes chuvas que castigam a província sudoeste da China de Yunnan mataram até o momento 35 pessoas, informou a administração local, citada pela agência de notícias Xinhua. Os dados da administração central assinalam que, somente este ano, 176 pessoas morreram na China devido a chuvas e inundações. Em Yunnan, situada aos pés do Himalaia, 1,9 milhão de pessoas foram afetadas pelas chuvas, que arrasaram 1.620 casas e 8.200 hectares de cultivos. Na província oriental de Anhui, onde 40 pessoas morreram pelas inundações, mais de 500 mil já foram afetados. As contínuas chuvas estão castigando 12 províncias e regiões do sul da China desde 7 de junho, entre elas Cantão, Guangxi Zhuang, Hunan e Jiangxi, enquanto o tufão Fengshen, que deixou mais de 229 mortos nas Filipinas (sem contar as 800 vítimas do naufrágio de um navio), se aproxima da costa sudeste chinesa. As chuvas e inundações deixaram mais de mil mortos na China no ano passado.

Mais conteúdo sobre:
Chinachuvastufão Fengshen

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.