Chuvas matam nove em região atingida por terremoto na China

Vítimas morreram soterradas em suas casas; seis pessoas continuam desaparecidas na província de Sichuan

Efe,

08 de julho de 2008 | 02h32

Nove pessoas morreram e outras seis estão desaparecidas em conseqüência dos deslizamentos de terra provocados pelas fortes chuvas registradas na província de Sichuan. A localidade ainda tenta se recuperar do devastador terremoto de 12 de maio. Segundo a agência oficial chinesa Xinhua, a localidade mais atingida foi Long'en, no distrito de Zhaojue, onde viviam os nove mortos. Eles perderam a vida no interior de suas casas, soterrados pelos deslizamentos. O número total de mortes por causa das intensas chuvas em Sichuan pode aumentar, já que outras seis pessoas permanecem desaparecidas no distrito de Xide. Na última semana, 18 pessoas morreram por causa das fortes chuvas nas províncias de Hubei (centro) e de Yunnan (sudeste). Mais de 250 pessoas já tinham morrido na China em junho por causa da temporada de chuvas que começou no país. Sichuan tenta ainda se recuperar do terremoto que assolou a região no dia 12 de maio, que deixou mais de 69 mortos e mais de 18 mil desaparecidos no gigante asiático.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinachuvasterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.