Chuvas matam pelo menos quatro no Japão

Uma forte chuva - que precede o furacão Megi ? causou a morte de pelo menos quatro pessoas e deixou duas desaparecidas na região sul do Japão, nesta quarta-feira. A tormenta foi responsável por avalanches e apagões. Cerca de 40 centímetros de chuva já caíram em várias áreas do país desde terça-feira, conforme o ciclone se aproximava das ilhas de Kyushu e Shikoku, informou a Agencia Meteorológica japonesa. Ao meio-dia de quarta, o temporal apresentava ventos de 126 Km/h e estava perto da ilha de Amami Oshima, a 1.300 Km a sudoeste de Tóquio. A previsão é de que as chuvas continuem.Na prefeitura de Kagawa, em Shikoku, um fazendeiro de 74 anos foi encontrado morto depois de ter caído em um canal que havia transbordado na terça. Os corpos de outras três pessoas ? um homem de 84 anos, outro de 78 e uma mulher de 75 ? foram encontrados na quarta, também vítimas de enchentes, disse a polícia local. Uma mulher de 72 anos e sua nora, de 45, estão desaparecidas desde que um deslizamento de terra atingiu o centro comunitário onde estavam refugiadas. Mais de 800 famílias tiveram de deixar suas casas em Kagawa. Segundo a rede de TV NHK, cerca de 600 casas foram inundadas em Shikoku.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.