Chuvas no norte do Japão deixam três mortos

Vítimas tiveram veículos arrastados por rios na província de Niigata

Efe,

31 de julho de 2011 | 02h54

TÓQUIO - Pelo menos três pessoas morreram e outras três estão desaparecidas no norte do Japão por causa das fortes chuvas que desde sexta-feira, 29, castigam a região, e que inundaram ou danificaram cerca de 6.400 casas, informou neste domingo, 31, a televisão pública "NHK".

 

As três vítimas fatais eram moradores da província de Niigata (norte), onde as chuvas transbordaram rios e causaram deslizamentos de terras que bloquearam estradas, destruíram pontes e isolaram vários distritos.

 

Duas das vítimas morreram quando seus veículos foram arrastados pela cheia de dois rios em Niigata. Um homem de 63 anos está entre os mortos e foi arrastado pelas águas quando tentava criar um dique para conter as inundações, informou a Polícia.

 

As chuvas também afetaram a província de Fukushima, que na madrugada também sofreu um terremoto de 6,4 graus de magnitude na escala aberta de Richter, considerado uma réplica do terremoto do dia 11 de março.

 

A Agência Meteorológica do Japão mantém o alerta para chuvas em cinco províncias do centro e do norte do país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.