Chuvas no oeste da Índia deixam ao menos 75 mortos

Mais de 10 mil são retirados de vilarejos e capital financeira do país é inundada

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 19h16

Mais de 10 mil pessoas foram retiradas de vilarejos inundados no oeste da Índia depois que torrenciais chuvas de monção mataram pelo menos 75 pessoas em dois Estados e inundaram Mumbai, a capital financeira do país, disseram autoridades nesta segunda-feira.Pelo menos 63 pessoas morreram no Estado de Gujarat nos últimos dois dias, enquanto 12 outras morreram em Maharashtra.No vizinho Paquistão, o governo pediu apoio à comunidade internacional para conseguir socorrer cerca de um milhão de pessoas desabrigadas pelas inundações. A meteorologia prevê que a chuva continuará castigando o país nos próximos dias. Em duas províncias do sul, pelo menos 211 pessoas morreram desde 23 de junho, informa o governo, que está solicitando ajuda de nações aliadas, agências internacionais e doadores privados.No chamado subcontinente - que engloba Paquistão, Índia e Afeganistão - chega a 500 o número de mortos em conseqüência das chuvas (incluindo inundações, deslizamentos e outros desastres) desde o início, no mês passado, da atual temporada de monções.

Mais conteúdo sobre:
ChuvaÍndiaPaquistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.