Chuvas torrenciais deixam 12 mortos no centro da China

Dez dos mortos foram atingidos por raios, enquanto o desaparecido foi arrastado por uma enchente

EFE,

30 de agosto de 2009 | 04h00

Doze pessoas morreram e uma está desaparecida devido às fortes chuvas das últimas horas na província central chinesa de Hubei, informou a agência oficial "Xinhua".

 

As chuvas, que caem durante três dias seguidos, causaram inundações em 28 localidades da província, enquanto em outras regiões do país a seca afeta ais de sete milhões de pessoas.

 

Dez dos mortos foram atingidos por raios, enquanto o desaparecido foi arrastado por uma enchente.

Mais de duas mil pessoas tiveram que ser realojadas por causa das inundações, que danificaram 24 mil hectares de cultivos e destruíram mais de mil de casas.

 

O centro e sul da China costumam ser afetados nos meses de verão (hemisfério norte) por inundações e tufões, que causaram neste ano mais de 400 mortos e uma centena de desaparcidos no país, segundo números do Governo chinês publicados esta semana.

Tudo o que sabemos sobre:
CHUVA TORRENCIALCHINA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.