CIA ainda não sabe o que dizer sobre armas de Saddam

O principal investigador de armas dos Estados Unidos, David Kay, não está preparado para apresentar conclusões sobre os programas de armas de destruição em massa que o Iraque supostamente mantinha antes da invasão americana, disse o diretor da CIA ao Congresso americano em carta obtida pela Associated Press.Kay fez um relato, em particular, para parlamentares nesta quinta-feira, acerca de seu trabalho. O diretor da CIA, George J. Tenet, repudia, na carta, as críticas de que os serviços de espionagem americanos falharam ao indicar a existência de laços entre o regime de Saddam Hussein e o terrorismo e a presença de armas proibidas no país. Ele disse que as conclusões apresentadas na época foram ?honestas e profissionais?.Diversos parlamentares que ouviram à explanação de Kay disseram que não há avanços. O deputado Jerry Lewis, disse que o investigador de armas ainda não está em posição de dizer ?sim, há armas ou não, não há?. Tenet, em sua carta, disse que Kay ?não está preparado para tirar conclusões neste momento?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.