CIA mostra a senadores imagens de terrorista executado

As fotos do corpo de Osama bin Laden foram exibidas para um grupo de senadores americanos ontem. Alguns deles, que classificaram as imagens como macabras, disseram ser possível divulgar publicamente as que foram feitas no porta-aviões antes de o corpo do saudita ser jogado ao mar.

EQUIPE AE, Agência Estado

13 de maio de 2011 | 09h30

"Elas são horrendas, claro, afinal foram tiradas logo depois do incidente", disse o senador republicano James Inhof, que integra a Comissão de Serviços Armados do Congresso americano. Segundo o parlamentar, não há dúvida de que se trata de Bin Laden. "Muitas pessoas que querem ver as fotos e eu as vi. Era ele. Está morto, virou história".

Na avaliação dele e de outras pessoas que viram cerca de 15 imagens, as fotos tiradas já no porta-aviões americano no Mar da Arábia exibem o corpo de Bin Laden depois de ser lavado e poderiam ser publicadas porque dá para verificar claramente que se trata do saudita. Além disso, a imagem não é tão pesada quanto as tiradas logo depois da ação dos Seals, no Paquistão, dia 1º.

"Eu não compro essa ideia da Casa Branca de que a divulgação irritaria os terroristas. Eles tentam nos matar de qualquer maneira. Foram 32 tentativas de atacar os EUA desde o 11 de Setembro, sendo muitas delas com planos sofisticados", disse o senador republicano.

A decisão de exibir as fotos aos parlamentares tem o objetivo de reduzir a pressão para que as imagens sejam tornadas públicas. O governo dos EUA teme que a exibição provoque ainda mais protestos no Paquistão em um momento de deterioração nas relações entre Washington e Islamabad. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
CIAEUAfotoSenadoBin Laden

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.