CIA "nada percebeu" sobre os atentados

Os atentados desta terça-feira contra as torres gêmeas de Nova York e outros alvos do governo americano, em Washington, são vistos nos Estados Unidos como uma dura derrota da CIA, o serviço secreto dos EUA. A poderosa organização de espionagem "não se deu conta de nada", afirmam analistas americanos."Nem mesmo a grande rede mundial Echelon, que deveria interceptar, por meio de sofisticados programas eletrônicos, todas as comunicações em curso" conseguiu detectar nada, acrescentaram. A União Européia preocupava-se particularmente com a grande capacidade de interceptação do sistema Echelon, sobretudo para defender segredos industriais.O sistema é capaz de interceptar conversas e transmissões de dados (principalmente por telefone e Internet). A CIA "não se deu conta de nada porque provavelmente os terroristas evitaram mencionar o plano por estes meios de comunicação", disseram analistas. A rede foi criada e administrada pela Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.