CIA terceiriza uso de ''drones''

Funcionários do governo americano disseram ao jornal ?The New York Times? que a empresa de segurança Xe Services - chamada antes de Blackwater - opera o programa mais importante de combate ao terrorismo dos EUA: o uso de aviões não tripulados (drones) para a eliminação de líderes da Al-Qaeda, na região da fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão.As operações da CIA são realizadas em bases secretas do Paquistão e do Afeganistão, onde funcionários da empresa terceirizada montam e carregam mísseis Hellfire e bombas de 250 quilos guiadas por raio laser em aviões Predator não-tripulados. Este trabalho era realizado anteriormente por funcionários da CIA. O papel da Xe Services no programa Predator mostra até que ponto a CIA depende de empresas terceirizadas para realizar algumas de suas tarefas mais importantes. E ilustra o vigor da Xe Services, ou Blackwater. Na quinta-feira, a imprensa americana revelou que a CIA contratou a mesma empresa em 2004 no âmbito de um programa secreto para localizar e assassinar líderes da Al-Qaeda. A Blackwater não escolhe os alvos, que são determinados pela CIA, e é o pessoal da agência, na Virginia, que dispara os mísseis. Somente alguns funcionários da CIA trabalham nas bases dos Predators no Afeganistão e no Paquistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.