Ciclone Aila mata mais de 300

Furacão causa destruição no sul da Índia e Bangladesh

France Presse e Efe, NOVA DÉLHI, O Estadao de S.Paulo

27 de maio de 2009 | 00h00

Mais de 126 pessoas morreram no Estado de Bengala Ocidental, leste da Índia, durante a passagem do ciclone Aila. Em Bangladesh, país vizinho da Índia, o ciclone deixou pelo menos 200 mortos, segundo estimativas do governo bengali. Calcula-se ainda que o ciclone tenha provocado o deslocamento de milhares de pessoas nos dois países do sul da Ásia.Muitas crianças morreram afogadas por causa das ondas de até quatro metros de altura formadas pelo ciclone. Índia e Bangladesh lançaram ontem uma ampla operação de socorro aos milhares de desabrigados. Soldados distribuíram comida, água potável e cobertores. Calcula-se que 430 mil pessoas perderam suas casas no litoral sul de Bangladesh e pelo menos 110 mil em povoados de Bengala Ocidental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.