Ciclone com ventos de 287 km/h atinge ilhas no Pacífico

Um ciclone de categoria 5, com ventos de até 287 km/h, atingiu neste sábado o arquipélago de Tonga, no Pacífico Sul, destruindo casas e arrancando telhados de prédios públicos e igrejas. Pelo menos uma pessoa morreu.

(AE-AP), Agência Estado

11 de janeiro de 2014 | 21h08

Segundo o diretor de Emergências do governo de Tonga, Leveni Aho, uma observação aérea dos danos estava em andamento na manhã deste domingo e dois navios da Marinha foram enviados às ilhas no norte do arquipélago para verificar a extensão dos danos. "Foi muito ruim. Até esta noite teremos uma visão melhor do que aconteceu", disse Aho.

O estado de emergência continuava em vigor na manhã de domingo para dois dos três grupos de ilhas de Tonga, Vava''u e Ha''apai. A tempestade perdeu força e foi rebaixada para categoria 4, com ventos de até 250 km/h, e estava se afastando de Tonga rumo ao sudeste.

Aho disse que uma pessoa morreu na ilha de Lifuka, no grupo central de ilhas de Ha''apai; a maioria das ilhas desse grupo perdeu contato telefônico e Aho disse não saber se mais pessoas morreram. Na ilha de Tongatapu, a principal do arquipélago, apenas algumas árvores foram derrubadas.

Kaolaine Kavaefiafi, porta-voz da entidade filantrópica Plan International, disse que até 70% dos prédios em algumas ilhas foram destruídos.

Tonga tem 176 ilhas, das quais 36 são habitadas por 100 mil pessoas ou mais.

Tudo o que sabemos sobre:
Tongaciclone

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.