Ciclone corta produção de gás, petróleo e minério na Austrália

Um ciclone potente, que se dirigia para a região costeira do noroeste da Austrália, provocou a interrupção da produção de gás e petróleo, ao mesmo tempo em que suspendeu os embarques de minério de ferro nessa região rica em recursos naturais. A BHP Billiton, Chevron, Woodside Petroleum e Santos interromperam totalmente a produção offshore e onshore em Pilbara, uma região a oeste da Austrália, em ações preventivas para a passagem do ciclone tropical Clare pelo território.A Rio Tinto, maior exploradora de minério de ferro da Austrália, fechou seus portos na região e estava se preparando para interromper a produção em suas mineradoras. O ciclone Clare foi elevado da categoria um para a três."Ventos destruidores devem atingir a região, com a aproximação do ciclone, que deve passar pela região de Pilbara entre esta tarde e a madrugada. Espera-se que os ventos atinjam 240 quilômetros por hora se o sistema se intensificar", comentou uma agência meteorológica da Austrália.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.