Ciclone já faz 114 vítimas na Índia e 2 em Bangladesh

O ciclone que já matou ao menos 114 pessoas no nordeste da Índia também fez duas vítimas em Bangladesh, informaram hoje funcionários. A tempestade atingiu na noite de ontem partes dos Estados de Bengala Ocidental e Bihar, derrubando árvores e interrompendo o fornecimento de telefonia e eletricidade, informou o ministro da Defesa Civil de Bengala Ocidental, Srikumar Mukherjee. Centenas de pessoas se feriram.

AE-AP, Agência Estado

14 de abril de 2010 | 15h07

Imagens de televisão mostravam árvores derrubadas em meio a favelas e telhados precários que foram levados pelos ventos. O ciclone demoliu quase 50 mil residências improvisadas em Bengala Ocidental e mais de mil em Bihar, afirmaram funcionários.

As vilas mais atingidas em Bengala Ocidental são Hematabad, Raiganj e Kiran Dighi. Nesse Estado, a polícia e equipes de resgate recolheram 38 corpos, disse Mukherjee. Pelo menos outras 72 pessoas foram mortas no Estado de Bihar, afirmou Nitish Kumar, um graduado funcionário estadual. Quatro morreram no Estado de Assam, no norte indiano.

O ciclone se movia com velocidade superior a 160 quilômetros por hora, disse N. Shravan Kumar, um funcionário do Estado de Bihar. A parede de uma prisão caiu no distrito de Araria, em Bihar, forçando as autoridades a transferir mais de 600 detentos, disse Kumar. Com informações da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiaBangladeshciclonemortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.